António Morgado vence Giro della Lunigiana ao ser quinto na última etapa

O português António Morgado consagrou-se hoje vencedor do 46.º Giro della Lunigiana, corrida para seleções jovens em Itália, ao ser quinto na quarta e última etapa, ganha pelo francês Thibaud Gruel.

António Morgado vence Giro della Lunigiana ao ser quinto na última etapa

António Morgado vence Giro della Lunigiana ao ser quinto na última etapa

O português António Morgado consagrou-se hoje vencedor do 46.º Giro della Lunigiana, corrida para seleções jovens em Itália, ao ser quinto na quarta e última etapa, ganha pelo francês Thibaud Gruel.

Morgado foi quinto na ligação de 102,4 quilómetros entre Ceparana e Casano, a mais longa desta edição, e segurou o triunfo na prova, após bom trabalho da seleção nacional, assim como na classificação da montanha.

Na geral, acabou com oito segundos de vantagem para Paul Megnier, de França, e 17 para o eslovaco Tomas Sivok, terceiro, enquanto Gonçalo Tavares, em nono, foi outro português no ‘top 10’ final.

José Bicho acabou em 41.º, com Tiago Nunes em 57.º, enquanto a seleção nacional fechou no quarto posto por equipas.

“Todos trabalharam muito bem durante a corrida, foram extremamente profissionais e cumpriram tudo aquilo que lhes foi proposto. Este trabalho de equipa foi essencial para conseguirmos vencer a prova com o António e ainda a camisola da montanha. Estão todos de parabéns”, declarou o selecionador nacional, José Poeira, citado pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Morgado, que em 2023 vai correr pela ‘fábrica de talentos’ norte-americana Hagens Berman Axeon, junta-se a vários nomes ilustres do pelotão mundial como vencedor desta corrida.

Só nos últimos 30 anos, encontram-se no palmarés grandes campeões, de Danilo di Luca (1994) a Vincenzo Nibali (2002), Tao Geoghegan Hart (2013), Tadej Pogacar (2016) ou Remco Evenepoel (2018).

É nova vitória este ano para o ciclista português, campeão nacional júnior de fundo e contrarrelógio, depois de vencer a Volta a Portugal de juniores, a Volta ao Douro em Espanha, e ser segundo no Troféu Centre Morbihan, na Corrida da Paz e na Gipuzkoa Klasikoa, tendo sido quarto na Volta ao Pays de Vaud.

SIF // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS