Andebol/Mundial: Qatar último apurado para os ‘quartos’, Portugal fica em 10.º

O Qatar assegurou hoje a última vaga ainda em aberto para os quartos de final do Mundial de andebol, que está a decorrer no Egito, ao bater a Argentina e beneficiar da derrota da Croácia com a Dinamarca.

Andebol/Mundial: Qatar último apurado para os 'quartos', Portugal fica em 10.º

Andebol/Mundial: Qatar último apurado para os ‘quartos’, Portugal fica em 10.º

O Qatar assegurou hoje a última vaga ainda em aberto para os quartos de final do Mundial de andebol, que está a decorrer no Egito, ao bater a Argentina e beneficiar da derrota da Croácia com a Dinamarca.

A última jornada da fase principal permitiu também saber o alinhamento das oito equipas que não seguiram para os ‘quartos’, com Portugal a ficar em 10.º, o que é o melhor resultado de sempre dos lusos.

Até hoje, o melhor registo português em Mundiais era o 12.º lugar obtido na edição de 2003, que organizou. A atual geração de jogadores já tinha obtido uma excelente classificação em grandes torneios quando ficou em sexto no Europeu, há exatamente um ano.

O próximo ‘sonho’ dos portugueses é ir aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, no próximo verão. Portugal irá disputar duas das vagas com as seleções de França, Tunísia e Croácia, em março.

Apurados para os quartos de final do mundial em curso estão França, Noruega, Suécia, Egito, Hungria, Espanha, Dinamarca e Qatar, confirmando-se o forte predomínio europeu na modalidade.

Hoje, apenas estava em jogo a disputa pelo segundo lugar no grupo II, com Argentina, Croácia e Qatar ainda na luta.

As decisões começaram a definir-se com a dramática vitória do Qatar sobre a Argentina, por 26-25, o que ainda permitia o apuramento dos croatas, se estes batessem a Dinamarca, campeã em título. Assim não foi e os dinamarqueses somaram sexto triunfo com mais de 30 golos – 38-26.

A perder ao intervalo ante o campeão sul-americano, por 13-12, o Qatar acreditou sempre e chegou ao necessário triunfo, bem comandado por Frankis Carol, jogador do Sporting, autor de oito golos.

Carol, nascido em Cuba mas naturalizado catarense em 2017, ‘corre’ para melhor marcador do torneio – neste momento é segundo, com 45 golos, contra 50 do norueguês Sander Sagosen.

A Dinamarca ganhou o grupo, com 10 pontos, à frente de Qatar e Argentina, que concluíram com seis.

Com o apuramento do grupo I já assegurado, espanhóis e húngaros jogaram entre si e definiram o primeiro e segundo lugares – vantagem para a Espanha, que triunfou por claros 36-28.

O jogo entre Polónia e Alemanha valia o terceiro lugar e como tal interessava a Portugal, em termos de classificação final. Os lusos ‘torciam’ pelo empate, que lhes dava o 10.º lugar, em caso de vitória de qualquer uma das duas equipas os portugueses ficariam no 11.º posto.

O jogo foi sempre muito equilibrado, com vantagens mínimas e 12-11 ao intervalo para os polacos, para terminar com 23-23. A Alemanha fecha o grupo em terceiro e o Mundial em 12.º.

Depois dos jogos de hoje, ficou-se a saber que a Eslovénia é 9.ª, Portugal 10.º, Argentina 11.ª e Alemanha 12.ª.

Terça-feira não há jogos e a competição retoma na quarta-feira, com os jogos Dinamarca-Egito, Suécia-Qatar, Espanha-Noruega e França-Hungria.

FB // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS