Amorim considera que seleção sem jogadores do Sporting só realça o seu trabalho

O treinador Rúben Amorim, considerou hoje que a convocatória da seleção portuguesa de futebol, que não conta com nenhum jogador do Sporting, “só realça o trabalho do treinador”, que vence títulos com atletas sem esse estatuto.

Amorim considera que seleção sem jogadores do Sporting só realça o seu trabalho

Amorim considera que seleção sem jogadores do Sporting só realça o seu trabalho

O treinador Rúben Amorim, considerou hoje que a convocatória da seleção portuguesa de futebol, que não conta com nenhum jogador do Sporting, “só realça o trabalho do treinador”, que vence títulos com atletas sem esse estatuto.

“Temos conquistado alguns títulos, crescemos os jogadores e, mesmo assim, ainda não estão ao nível da seleção. Só realça o trabalho do treinador do Sporting, que consegue resultados com jogadores que ainda não têm o estatuto de seleção. Não me sinto nada beliscado, até estou lisonjeado”, afirmou, em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Boavista, da sétima ronda da I Liga de futebol, sábado, no Estádio do Bessa.

Rúben Amorim apontou que, se fosse ele o selecionador, “levava-os a todos”, pois são “perfeitos e jogadores de seleção nacional”, mas lembrou a dificuldade que deve sentir o selecionador, Fernando Santos, por ter “muito por onde escolher” e com qualidade.

“Há muita qualidade e entendo perfeitamente. Os jogadores do Sporting têm de jogar melhor e trabalhar mais para ganhar um lugar. Os nossos jogadores são muito jovens e têm de melhorar. Não podemos ficar zangados ou preocupados, temos é de encontrar motivação para melhorar os nossos jogadores e eles terem lugar na seleção”, realçou.

O defesa Gonçalo Inácio ou os avançados Pedro Gonçalves e Trincão eram algumas das escolhas possíveis para a convocatória portuguesa para a Liga das Nações, mas ficaram de fora das opções de Fernando Santos para os jogos com República Checa e Espanha.

“Há jogadores que vão para a seleção e não jogam, que é o mais preocupante. Tenho pena que o Sotiris vá para a seleção, é um jogador que precisávamos que ficasse aqui. O Arthur tem poucos treinos connosco, o próprio Rochinha também, e vamos usar este tempo para trabalhá-los. Temos um jogo-treino planeado”, contou o técnico ‘leonino’.

O Sporting, sétimo classificado da I Liga portuguesa de futebol, com 10 pontos, visita o Boavista, quarto, com 12, no sábado, a partir das 20:30, no Estádio do Bessa, no Porto, em jogo da sétima jornada, com arbitragem de João Pinheiro, da associação de Braga.

 

DYRP // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS