América do Sul apoia reeleição de Gianni Infantino à frente da FIFA

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou que vai apoiar o presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA) na reeleição para o cargo, em março de 2023.

América do Sul apoia reeleição de Gianni Infantino à frente da FIFA

América do Sul apoia reeleição de Gianni Infantino à frente da FIFA

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou que vai apoiar o presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA) na reeleição para o cargo, em março de 2023.

Assunção, 12 out 2022 (Lusa) – A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou que vai apoiar o atual presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA), Gianni Infantino, na reeleição para o cargo, em março do próximo ano.

“Depois de uma troca de opiniões sobre o presente e o futuro do futebol sul-americano e mundial, Infantino recebeu o apoio unânime das [dez] associações membros da Conmebol”, anunciou o comité executivo da confederação sul-americana, numa declaração publicada no ‘site’.

O presidente ítalo-suíço da FIFA desde 2016 esteve reunido com a liderança da Conmebol antes do anúncio.

Infantino visitou a sede permanente da organização em Luque, nos arredores de Assunção, depois de assistir à inauguração de um centro de alto rendimento do futebol feminino da Federação Paraguaia de Futebol.

Gianni Infantino vai candidatar-se a um terceiro mandato na presidência da FIFA, durante o 73.º congresso da organização, em Kigali, capital do Ruanda, em março de 2023.

O ítalo-suíço foi eleito presidente da FIFA a 26 de fevereiro de 2016, na sequência do escândalo de corrupção, conhecido como “FIFA-Gate”, que levou à demissão, em junho de 2015, do suíço Joseph Blatter, à frente da organização desde 1998.

EJ // VQ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS