As 7 coisas que precisa mesmo de saber sobre o Mundial do Qatar

Existem muitas polémicas a marcar o Mundial do Qatar, mas também há curiosidades que talvez desconheça sobre a maior competição de futebol do mundo.

As 7 coisas que precisa mesmo de saber sobre o Mundial do Qatar

As 7 coisas que precisa mesmo de saber sobre o Mundial do Qatar

Existem muitas polémicas a marcar o Mundial do Qatar, mas também há curiosidades que talvez desconheça sobre a maior competição de futebol do mundo.

Muito se tem falado sobre o Mundial do Qatar, que terá início a 21 de novembro e que se prolonga até 18 de dezembro. Várias têm sido as polémicas relacionadas com direitos e com as queixas dos migrantes que fizeram parte da construção dos estádios que vão receber a maior competição mundial de futebol. À margem de todas estas controvérsias, existem detalhes que precisa mesmo de conhecer sobre o Mundial’22, o último com 32 seleções. É o caso destas sete curiosidades de que iremos falar.

Os 26 convocados de Portugal para o Mundial do Qatar
Fernando Santos revela lista dos 26 jogadores convocados para o Mundial do Qatar e nos eleitos de Portugal não existem grandes surpresas (… continue a ler aqui)

1 – Primeiro Mundial disputado no inverno
O Mundial do Qatar ficará para a história como o primeiro a ser disputado no inverno. Isto se tivermos em conta o hemisfério norte. É normal que os mundiais se disputem em julho/julho, algo que seria impensável no Qatar pois obrigaria os jogadores a disputarem encontros com temperaturas a rondarem os 50 graus centígrados.

2 – O mais caro de sempre
Estamos também a falar da competição mais cara de todos os tempos. O Qatar gastou qualquer coisa como 200 mil milhões de euros em infraestruturas para a prova. Este valor contempla a construção de, por exemplo, estádios, hotéis e autoestradas.

3 – Menos estádios
Apesar de ser aquele com o maior investimento de sempre, é também aquele que terá menos estádios. O Mundial do Qatar será disputado somente em oito recintos. Curiosamente, destes oito apenas um foi renovado. Os restantes sete foram construídos de raiz. Os mais atentos poderão recordar-se do Mundial de 1978, disputado na Argentina. Este foi disputado em seis estádios, mas estávamos perante uma competição com apenas 16 equipas.

Todos os estádios estão equipados com ar condicionado

4 – Recorde de visitantes
Este detalhe é avançado apenas como um palpite. Sendo certo que dificilmente não será uma certeza. Estima-se que o Mundial do Qatar seja aquele que mais visitantes irá receber. Isto apesar das polémicas e dos pedidos, efetuados por adeptos de diversas equipas, de boicote à competição. Um dos argumentos que sustenta esta teoria é a da localização que acaba por ser próxima de bastantes países.

5 – Com deslocações mais curtas e fáceis
Qatar é um país de pequenas dimensões, o que significa que será a competição em que mais fácil será ir de um estádio para o outro. As cidades que recebem os estádios estão todas próximas umas das outras e, para se ter uma ideia, os dois principais estádios estão separados por apenas 144 quilómetros.

6 – Estádios com ar condicionado
O Qatar irá contar com temperaturas elevadas durante o tempo da competição. Este detalhe será contornado de forma peculiar. Os oito estádios estarão completamente equipados com ar condicionado. O que significa que os adeptos ficarão mais confortáveis e que os jogadores terão uma melhor temperatura para disputar os jogos.

7 – Apenas o segundo Mundial na Ásia
O Mundial do Qatar será o primeiro disputado no Médio Oriente. Será igualmente apenas o segundo disputado na Ásia. E o primeiro – Japão e Coreia do Sul em 2002 – foi de má memória para os portugueses e ficou marcado por algumas polémicas.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS