Gouveia e Melo recebido por manifestantes anti-vacinas em Odivelas

Na noite em que o Pavilhão Multiusos de Odivelas recebeu um DJ para marcar e acompanhar a vacinação dos jovens, Gouveia e Melo foi recebido por manifestantes anti-vacina e a polícia foi obrigada a intervir. O Almirante teve mesmo de empurrar uma mulher para poder passar.

Gouveia e Melo recebido por manifestantes anti-vacinas em Odivelas

Gouveia e Melo recebido por manifestantes anti-vacinas em Odivelas

Na noite em que o Pavilhão Multiusos de Odivelas recebeu um DJ para marcar e acompanhar a vacinação dos jovens, Gouveia e Melo foi recebido por manifestantes anti-vacina e a polícia foi obrigada a intervir. O Almirante teve mesmo de empurrar uma mulher para poder passar.

Na noite em que o Pavilhão Multiusos de Odivelas recebeu um DJ para marcar e acompanhar a vacinação dos jovens contra a covid-19, Gouveia e Melo foi recebido por manifestantes anti-vacina e a polícia foi obrigada a intervir. O Almirante teve mesmo de empurrar uma mulher para poder passar.

Cerca de 40 manifestantes gritavam ontem enquanto Henrique Gouveia e melo passava. “Assassino! Genocida!”.Impávido, o Almirante continuou o seu caminho e aos jornalistas disse: ” Não devemos ter medo. Medo de quê? Quando acreditamos numa coisa temos de sofrer as consequências, seja lá o que for”. “Chamar-me assassino? Não me preocupa nada. O negacionismo e o obscurantismo é que são os verdadeiros assassinos”, disse ainda.

O Almirante entrou no pavilhão, esteve à conversa com vários jovens, com o DJ, e saiu pela mesmo porta por onde havia entrado, onde estavam os manifestantes, agora em maior número.

 

 

 

Gouveia e Melo abandonou o local mas os manifestantes por ali ficaram, a tentar convencer os jovens a não se vacinarem.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS