Covid-19: Reino Unido regista 61 novas mortes e total de óbitos sobe para 45.738

O Reino Unido registou mais 61 mortes com covid-19, nas últimas 24 horas, fazendo subir o número total de óbitos para 45.738, no dia em que ginásios e piscinas reabriram.

Covid-19: Reino Unido regista 61 novas mortes e total de óbitos sobe para 45.738

Covid-19: Reino Unido regista 61 novas mortes e total de óbitos sobe para 45.738

O Reino Unido registou mais 61 mortes com covid-19, nas últimas 24 horas, fazendo subir o número total de óbitos para 45.738, no dia em que ginásios e piscinas reabriram.

Londres, 25 jul 2020 (Lusa) — O Reino Unido registou mais 61 mortes com covid-19, nas últimas 24 horas, fazendo subir o número total de óbitos para 45.738, no dia em que ginásios e piscinas reabriram, na fase final de desconfinamento.

O Ministério da Saúde britânico disse hoje que foram registados um total de 298.681 casos de contágio, dos quais 767 nas últimas 24 horas.

O Governo britânico reconhece que a situação da pandemia de covid-19 ainda não está controlada, anunciando um reforço do seu programa de deteção e rastreamento de contágios, com medidas de confinamento em locais seletivos mais afetados.

Como medida de proteção adicional, desde sexta-feira que o uso da máscara é obrigatório em lojas, supermercados, correios e bancos, embora seja opcional em restaurantes, pubs, cinemas e teatros.

Com base no plano de desconfinamento, em 01 de agosto, vários equipamentos públicos poderão reabrir na Inglaterra, a região mais populosa, como casinos e pistas de patinagem, enquanto a Escócia, o País de Gales e a Irlanda do Norte têm os seus próprios calendários.

Na mesma data, teatros e salas de concerto podem reabrir e casamentos com até 30 convidados serão permitidos e em setembro está planeado a abertura total de escolas e jardins de infância.

A partir de outubro, a intenção é realizar novamente eventos desportivos em estádios e retomar conferências de negócios, mas as discotecas continuam com data não anunciada de reabertura.

A pandemia de covid-19 já provocou cerca de 640 mil mortos e infetou mais de 15,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

RJP // MSP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS