Covid-19: Ministro Luiz Ramos é décimo membro do Governo brasileiro infetado

O ministro brasileiro Luiz Eduardo Ramos testou positivo à covid-19, sendo o décimo dos 22 membros do Governo do Presidente Jair Bolsonaro a ser infetado, anunciu hoje fontes oficiais.

Covid-19: Ministro Luiz Ramos é décimo membro do Governo brasileiro infetado

Covid-19: Ministro Luiz Ramos é décimo membro do Governo brasileiro infetado

O ministro brasileiro Luiz Eduardo Ramos testou positivo à covid-19, sendo o décimo dos 22 membros do Governo do Presidente Jair Bolsonaro a ser infetado, anunciu hoje fontes oficiais.

“O ministro sofre apenas de sintomas ligeiros de gripe” e terá de permanecer “em isolamento e trabalhar remotamente”, de acordo com um comunicado divulgado pelo Governo, que esclarece que Ramos passará a respetiva quarentena na sua casa.

O teste positivo do ministro da Secretaria do Governo, Luiz Ramos, foi anunciado numa altura em que o país, um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19 no mundo, se aproxima das 150.000 mortes causadas pela doença desde a primeira registada em março .

De acordo com o último boletim oficial emitido pelo Ministério da Saúde do Brasil, foram registadas até à data 149.639 mortes no Brasil, e o número de ifetados excede os cinco milhões.

Jair Bolsonaro, da emergente ala extrema-direita brasileira, é um dos líderes mais céticos acerca da gravidade do novo coronavírus, contraiu a doença em julho e superou-a após 20 dias de isolamento na sua residência oficial.

Tal como Ramos, outros nove ministros contraíram a doença e recuperaram, em alguns casos, e segundo eles, graças à cloroquina, um controverso anti-palúdico, cuja eficácia nos casos da covid-19 não foi até agora comprovada, mas que Bolsonaro recomendou aos brasileiros desde o início da pandemia.

O Presidente assegura que ele próprio superou a doença graças à cloroquina, que também foi prescrita à sua esposa, Michelle, que confirmou estar infetada uma semana mais tarde.

Hoje, como milhares de brasileiros fizeram, Bolsonaro aproveitou um longo fim-de-semana, graças ao feriado da próxima segunda-feira no país, e viajou com a família para a praia do Guarujá, no litoral do estado de São Paulo.

Como faz todos os fins-de-semana em Brasília, o Presidente andou de moto pelas ruas do Guarujá, cumprimentou dezenas de apoiantes e parou para tirar fotografias com as pessoas, sem usar máscara ou respeitar as regras de isolamento social que vigoram no estado de São Paulo, descreve a agência de notícias espanhola EFE.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e sessenta e nove mil mortos e perto de 37 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.067 pessoas dos 85.574 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (213.795) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de 7,6 milhões).

Seguem-se, em número de mortos, o Brasil (149.639 mortos, mais de cinco milhões de casos), Índia (107.416, mais de 6,9 milhões de infetados), México (83.507, mais de 809 mil infetados) e Reino Unido (42.679 mortos, mais de 575 mil casos).

ATR // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS