Covid-19: Angola deixa cair obrigação de uso de máscara facial no carro

O uso de máscara facial no interior do carro vai deixar de ser obrigatório em Angola, anunciou o ministro de estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Covid-19: Angola deixa cair obrigação de uso de máscara facial no carro

Covid-19: Angola deixa cair obrigação de uso de máscara facial no carro

O uso de máscara facial no interior do carro vai deixar de ser obrigatório em Angola, anunciou o ministro de estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

“Deixa de ser obrigatória a utilização das máscaras no interior das viaturas particulares, passando a ser uma recomendação quando no interior do carro estiver mais do que uma pessoa”, indicou Adão de Almeida.

Esta é uma das alterações do decreto presidencial relativo à situação de calamidade pública que passa a vigorar a partir de quarta-feira.

Mantém-se o uso de máscara facial nos espaços públicos e fechados como medida genérica de proteção individual, incluindo mercados e na venda ambulante.

No dia 01 de setembro, o médico Sílvio Dala morreu em circunstâncias ainda por esclarecer depois de ter sido conduzido a uma esquadra policial por não usar máscara facial no interior da viatura que conduzia.

A morte do médico provocou grande comoção em Angola e forte críticas da sociedade civil à atuação da polícia, tendo também dado origem a uma petição contra o uso de mascaras faciais no interior de viaturas, que já reuniu mais de 15 mil assinaturas.

Angola conta atualmente com 2.981 casos de covid-19, dos quais 120 óbitos, 1.215 recuperados e 1.646 ativos, com quatro pessoas em estado crítico, 19 graves e 48 moderados.

 

RCR // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS