Administrador de hospital mente sobre profissão da mulher para a vacinar

Administrador do Hospital Narciso Ferreira, em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão, incluiu a filha e a mulher na lista de profissionais prioritário já vacinados com a primeira dose contra a covid-19

Administrador de hospital mente sobre profissão da mulher para a vacinar

Administrador de hospital mente sobre profissão da mulher para a vacinar

Administrador do Hospital Narciso Ferreira, em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão, incluiu a filha e a mulher na lista de profissionais prioritário já vacinados com a primeira dose contra a covid-19

Administrador do Hospital Narciso Ferreira, em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão, incluiu a filha e a mulher na lista de profissionais prioritário já vacinados com a primeira dose contra a covid-19, noticia o CM.

Por vacinar cerca de 20 enfermeiros e médicos, bem como outros profissionais. Segundo a mesma publicação, Salazar Coimbra colocou como prioritária a filha que, apesar de ser médica, não o é naquele hospital mas sim mas sim ao hospital de Guimarães. Mais ainda, estará de licença há mais de um ano.

A vacinação aconteceu a 14 e 15 de janeiro, e foi feita por três grupos, segundo a prioridade definida pela administração.

Mas o caso complica-se, para revolta da comunidade médica. A mulher do administrador, não sendo médica, foi inserida na lista de primeiro grupo prioritário, recebendo a vacina logo no primeiro dia. Na lista constava como médica do serviço de internamento covid. Refere ainda o CM, o administrador foi igualmente vacinado no primeiro dia, tal como uma rececionista e de um porteiro que passaram à frente de enfermeiros, médicos e auxiliares que trabalham no serviço covid.

O hospital já veio negar as acusações.

LEIA MAIS Covid-19 só justifica 28% das mortes ocorridas em janeiro

Impala Instagram


RELACIONADOS