Morreu Tom Wolfe

Morreu Tom Wolfe

O escritor norte-americano tinha 87 anos.

O escritor norte-americano Tom Wolfe morreu esta segunda-feira, aos 87 anos, em Manhattan. O autor do best-seller “A fogueira das vaidades”, estava internado no hospital com uma infeção.

A notícia é avançada pelo jornal britânico The Guardian nesta terça-feira, que cita informação dada pelo agente do escritor, Lynn Nesbit. O jornal americano New York Times também confirma.

Tom Wolfe, para além de ensaísta, cronista e satírico da cultura norte-americana, é considerado um dos pais e pioneiros do “novo jornalismo”. Como o descreve aquela publicação, Tom Wolfe foi um jornalista inovador cuja prosa tecnicolor e exageradamente pontuada deu vida a surfistas californianos, personalizadores de carros, astronautas e caçadores de ‘status financeiro’ em obras como “The Kandy-Kolored Tangerine-Flake Streamline Baby,” “The Right Stuff” e “Bonfire of the Vanities” (editado em Portugal como “A fogueira das vaidades”).

Tom Wolfe vivia em Nova Iorque desde 1962, quando integrou o New York Herald Tribune como repórter.

LEIA MAIS: Melania Trump operada de urgência


RELACIONADOS