Impala

Vinte pessoas detidas por furto de azeitona nos concelhos de Elvas e Monforte

Vinte pessoas foram detidas hoje e 265 quilogramas de azeitona furtada apreendidos nos concelhos de Elvas e de Monforte, no distrito de Portalegre, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana.

Elvas, Portalegre, 29 dez (Lusa) – Vinte pessoas foram detidas hoje e 265 quilogramas de azeitona furtada apreendidos nos concelhos de Elvas e de Monforte, no distrito de Portalegre, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo a mesma fonte, militares do Posto Territorial de Elvas detiveram sete homens e cinco mulheres, com idades entre os 18 e os 60 anos, por furto de azeitona, na zona do Caia, concelho de Elvas.

A GNR apreendeu quatro veículos e alguns utensílios para a apanha da azeitona e recuperou 140 quilogramas deste produto.

Militares do Posto Territorial de Monforte detiveram quatro homens e quatro mulheres, com idades entre os 22 e os 61 anos, também por furto de azeitona, na freguesia de Santo Aleixo, concelho de Monforte, adiantou a fonte da força de segurança.

No concelho de Monforte, a ação contou com o apoio de militares do Destacamento de Intervenção de Portalegre, e a GNR apreendeu três veículos e recuperou 125 quilogramas de azeitona.

De acordo com a mesma fonte, nas duas ocorrências, a GNR surpreendeu os suspeitos em flagrante delito, a furtar azeitona em propriedade privada, tendo o produto dos furtos sido entregue aos legítimos proprietários.

Os 20 suspeitos foram constituídos arguidos e postos em liberdade, ficando a aguardar julgamento, sujeitos a termo de identidade e residência.

Também na quarta-feira, catorze pessoas foram detidas e mais de uma tonelada de azeitona furtada foi apreendida em São Manços, no distrito de Évora, segundo a GNR.

TCA // ARA

Lusa/Fim


RELACIONADOS

Vinte pessoas detidas por furto de azeitona nos concelhos de Elvas e Monforte

Vinte pessoas foram detidas hoje e 265 quilogramas de azeitona furtada apreendidos nos concelhos de Elvas e de Monforte, no distrito de Portalegre, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana.