Impala

Velocidade de ‘ferry’ que embateu não era a mais adequada — comandante

O ‘ferry’ de passageiros que embateu quando atracava no cais fluvial do Terreiro do Paço, num acidente que provocou 34 feridos ligeiros, não circulava à velocidade “mais adequada”, admitiu o comandante do Porto de Lisboa.

Lisboa, 25 jan (Lusa) – O ‘ferry’ de passageiros que embateu hoje quando atracava no cais fluvial do Terreiro do Paço, num acidente que provocou 34 feridos ligeiros, não circulava à velocidade “mais adequada”, admitiu o comandante do Porto de Lisboa.


“A velocidade certamente que não era [a mais adequada], isso não resta dúvidas. Agora, foi prejudicada pela falta de visibilidade”, disse José Isabel à agência Lusa, falando numa “má avaliação” da parte do piloto.


“Ao vir com essa velocidade – o comandante pensava que estava mais longe – acabou por embater no cais”, concretizou.


A embarcação da Soflusa embateu na doca da Marinha quando vinha do Barreiro para o Terreiro do Paço e, na sequência desse embate, alguns passageiros que já se tinham levantado para desembarcar foram projetados e ficaram feridos.


O balanço foi entretanto atualizado para 34 feridos ligeiros (32 mulheres e dois homens), de um total de 561 passageiros. Inicialmente, as autoridades deram conta de 33 feridos ligeiros.


Os passageiros foram assistidos no local ou levados para hospitais de Lisboa por precaução.



AYMN // ROC


By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Velocidade de ‘ferry’ que embateu não era a mais adequada — comandante

O ‘ferry’ de passageiros que embateu quando atracava no cais fluvial do Terreiro do Paço, num acidente que provocou 34 feridos ligeiros, não circulava à velocidade “mais adequada”, admitiu o comandante do Porto de Lisboa.