Impala

Trinta e cinco soldados mortos em atentado do EI no Iémen

Trinta e cinco soldados foram mortos e cinquenta ficaram feridos num atentado suicida numa base militar em Aden, onde operam as forças ´jihadistas`, segundo fontes médicas.


Aden, Iémen, 10 dez (Lusa) – Trinta e cinco soldados foram mortos e cinquenta ficaram feridos num atentado suicida numa base militar em Aden, onde operam as forças ´jihadistas`, segundo fontes médicas.


Inicialmente, uma fonte militar referira à Associação France Presse (AFP) que o atentado causara 20 mortos e 30 feridos.


O atentado, que foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), ocorreu quando um ´kamikaze` fez detonar o seu cinto de explosivos num momento em que centenas de soldados estavam reunidos para receber o seu pagamento mensal na base Al-Sawlaban, próximo do aeroporto internacional de Aden.


No Iémen, forças lealistas apoiadas desde março de 2015 por uma coligação militar árabe defrontam os rebeldes xiitas Houthis, que controlam uma parte do território da capital Sanna (norte) enquanto grupos ´jihadistas` estão estacionadas no sul.


Os ´jihadistas` da Al-Qaeda e do EI multiplicaram nos últimos meses os atentados em Aden.


O último atentado reivindicado pelo EI junto à cidade data de 29 de agosto e fez 71 mortos.



CP (TDI) // SMA


Lusa/fim


RELACIONADOS

Trinta e cinco soldados mortos em atentado do EI no Iémen

Trinta e cinco soldados foram mortos e cinquenta ficaram feridos num atentado suicida numa base militar em Aden, onde operam as forças ´jihadistas`, segundo fontes médicas.