Todos os arguidos no caso dos Comandos vão a julgamento
Impala

Todos os arguidos no caso dos Comandos vão a julgamento

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu hoje levar a julgamento os 19 militares acusados no processo do 127.º curso de Comandos, no qual morreram dois recrutas.

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu hoje levar a julgamento os 19 militares acusados no processo do 127.º curso de Comandos, no qual morreram os recrutas Dylan da Silva e Hugo Abreu.

«Nesta fase processual, os indícios muito fortes para não pronunciar os arguidos (não levar a julgamento). Por isso pronuncio-os», disse a juíza de instrução criminal Isabel Sesifredo, durante a leitura de instrução criminal.

Dylan da Silva e Hugo Abreu, à data dos factos ambos com 20 anos, morreram enquanto vários outros instruendos sofreram lesões graves e tiveram de ser internados, na sequência de uma prova do 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, distrito de Setúbal, a 04 de setembro de 2016.

 

VEJA MAIS: Acusação contra os Comandos é imparcial, tem erros e é uma narrativa perigosa, dizem advogados


RELACIONADOS

Todos os arguidos no caso dos Comandos vão a julgamento

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu hoje levar a julgamento os 19 militares acusados no processo do 127.º curso de Comandos, no qual morreram dois recrutas.