Impala

Terminais ferroviários em Moscovo evacuados na sequência de ameaças de bomba

Cerca de 3 mil passageiros e pessoal técnico foram retirados das estações de comboios de Kazansky, Leningradsky e Yaroslavsky, em Moscovo, na sequência de ameaças de bombas, segundo fonte dos serviços de emergência russos à agência russa RIA.

Lisboa, 26 dez (Lusa) — Cerca de 3 mil passageiros e pessoal técnico foram retirados das estações de comboios de Kazansky, Leningradsky e Yaroslavsky, em Moscovo, na sequência de ameaças de bombas, segundo fonte dos serviços de emergência russos à agência russa RIA.


“Chamadas telefónicas a alertar para as bombas nas estações de Kazansky e Leningradsky levaram à retirada de milhares de pessoas em ambas as estações. Outras 750 pessoas foram também retiradas da estação de Yaroslavsky. Estamos à espera de cães farejadores”, afirmou a fonte à RIA, citada pelo portal na internet da Sputnik Internacional, outro media estatal russo.


Os três terminais de comboios são localizados muito perto uns dos outros a são um meio de transporte central para milhares de pessoas que se deslocam diariamente na e para a capital russa.



APL // PJA


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Terminais ferroviários em Moscovo evacuados na sequência de ameaças de bomba

Cerca de 3 mil passageiros e pessoal técnico foram retirados das estações de comboios de Kazansky, Leningradsky e Yaroslavsky, em Moscovo, na sequência de ameaças de bombas, segundo fonte dos serviços de emergência russos à agência russa RIA.