Impala

Reféns dos EUA e Austrália surgem em vídeo dos talibãs do Afeganistão

Um norte-americano e um australiano surgiram num vídeo de reféns dos talibãs, cinco meses depois de serem sequestrados em Cabul, na capital do Afeganistão.

Cabul, 12 jan (Lusa) — Um norte-americano e um australiano surgiram num vídeo de reféns dos talibãs, cinco meses depois de serem sequestrados em Cabul, na capital do Afeganistão.


Homens armados com uniformes da polícia sequestraram dois professores na Universidade Americana do Afeganistão no coração da capital afegã a 07 de agosto, levando-os do seu veículo depois de quebrarem a janela do passageiro.


O vídeo de 13 minutos e 35 segundos, colocado em circulação pelo porta-voz dos talibãs Zabihullah Mujahid na quarta-feira, oferece a primeira alegada prova de que ainda estavam vivos.


Hoje, a Austrália disse que tem “trabalhado de perto com outros governos para assegurar a libertação” do refém, mas que não iria dar mais pormenores de modo a respeitar a vontade da família e por motivos de segurança.


O vídeo surge depois de as forças de operação especiais norte-americanas conduziram uma operação secreta em agosto para os resgatar.


O Presidente Barack Obama autorizou a operação numa zona não especificada no Afeganistão mas os reféns não estavam lá, indicou o Pentágono em setembro.


A Universidade Americana do Afeganistão, que abriu em 2006 e conta com mais de 1.700 estudantes, não pode ser contactada para comentar.


Os sequestros realçaram os crescentes perigos que os estrangeiros enfrentam no Afeganistão.



ISG // FV.


Lusa/fim


RELACIONADOS

Reféns dos EUA e Austrália surgem em vídeo dos talibãs do Afeganistão

Um norte-americano e um australiano surgiram num vídeo de reféns dos talibãs, cinco meses depois de serem sequestrados em Cabul, na capital do Afeganistão.