Impala

Prisão preventiva para suspeito de assassinar a mulher em Macedo de Cavaleiros

O suspeito de ter assassinado a mulher a tiros de caçadeira, em Macedo de Cavaleiros, na sexta-feira, ficou em prisão preventiva depois de ter sido ouvido no Tribunal de Torre de Moncorvo, distrito de Bragança, informou fonte judicial.

Torre de Moncorvo, Bragança, 14 jan (Lusa) — O suspeito de ter assassinado a mulher a tiros de caçadeira, em Macedo de Cavaleiros, na sexta-feira, ficou em prisão preventiva depois de ter sido ouvido no Tribunal de Torre de Moncorvo, distrito de Bragança, informou hoje fonte judicial.


Por ser fim de semana, o homem, que foi detido depois do crime, foi presente a juiz no tribunal de turno a funcionar na região e que lhe aplicou a mais grave das medidas de coação, a prisão preventiva.


O alegado homicida, de 59 anos, ficará a aguardar na cadeia o desenrolar do processo e julgamento pela morte da mulher, ocorrida ao início da noite de sexta-feira, em Macedo de Cavaleiros, quando a vítima saiu do trabalho e se dirigia para casa.


A mulher, de 55 anos, foi encontrada sem vida, na rua, junto a uma rotunda, com dois tiros de caçadeira na cabeça.


As autoridades terão sido alertadas por vizinhos e o marido apontado imediatamente como suspeito, tendo abandonado o local do crime.


O indivíduo barricou-se numa garagem junto ao apartamento onde vivia e ter-se-á automutilado com uma machada, segundo a GNR, que conseguiu detê-lo.


O suspeito foi assistido no Hospital de Macedo de Cavaleiros e teve alta poucas horas depois, tendo ficado detido e sido entregue à Polícia Judiciária, que está a investigar o caso.


O casal estaria em processo de divórcio devido a violência doméstica alegadamente praticada pelo indivíduo contra a mulher, mas ambos continuaram a viver na mesma casa, de acordo com testemunhos de familiares da vítima à Comunicação Social.


A situação de violência doméstica já estaria referenciada pelas autoridades que recentemente tinham apreendido armas ao alegado homicida.



HFI // JLG



Lusa/fim


RELACIONADOS

Prisão preventiva para suspeito de assassinar a mulher em Macedo de Cavaleiros

O suspeito de ter assassinado a mulher a tiros de caçadeira, em Macedo de Cavaleiros, na sexta-feira, ficou em prisão preventiva depois de ter sido ouvido no Tribunal de Torre de Moncorvo, distrito de Bragança, informou fonte judicial.