Impala

Presidente da Costa do Marfim anuncia “acordo” com soldados amotinados

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, anunciou hoje a conclusão de “um acordo” com os soldados amotinados, cujos protestos por reivindicações salariais paralisaram desde sexta-feira Bouaké, a segunda maior cidade do país.

Abidjan, 07 jan (Lusa) — O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, anunciou hoje a conclusão de “um acordo” com os soldados amotinados, cujos protestos por reivindicações salariais paralisaram desde sexta-feira Bouaké, a segunda maior cidade do país.


“Confirmo o acordo para apreciação das reivindicações relativas aos prémios e melhoria das condições de vida dos soldados”, afirmou M. Outtara, numa breve declaração, emitida na televisão.


“Depois de confirmar o meu acordo, peço a todos os soldados que regressem aos quartéis para permitir a implementação destas decisões com calma”, acrescentou, sem precisar os termos do acordo.


Escolas e lojas estavam fechadas na sexta-feira em Bouaké, antiga capital da rebelião que controlou o norte do país quando ele esteve dividido em dois entre 2002 e 2011. A rebelião era favorável ao atual Presidente Alassane Ouattara, enquanto o sul do país era controlado pelas forças leais ao ex-Presidente Laurent Gbagbo.


Em novembro de 2014, um protesto de soldados com origem em Bouaké alargou-se a Abidjan, a capital económica, e a outras cidades do país.


Siaka Ouattara, porta-voz dos militares, apresentou então o não-pagamento de “salários em atraso dos ex-combatentes integrados no exército” como o principal motivo do descontentamento, rejeitando qualquer “politização” do movimento.



JRS (PAL) // ARA


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Presidente da Costa do Marfim anuncia “acordo” com soldados amotinados

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, anunciou hoje a conclusão de “um acordo” com os soldados amotinados, cujos protestos por reivindicações salariais paralisaram desde sexta-feira Bouaké, a segunda maior cidade do país.