Pai de Valentina aponta culpas a madrasta

Madrasta e pai de Valentina já foram acusados de homicídio qualificado, mas uma carta altera os factos até agora apurados. Desconhece-se, contudo, se o novo relato será apresentado aos juízes.

Pai de Valentina aponta culpas a madrasta

Pai de Valentina aponta culpas a madrasta

Madrasta e pai de Valentina já foram acusados de homicídio qualificado, mas uma carta altera os factos até agora apurados. Desconhece-se, contudo, se o novo relato será apresentado aos juízes.

Sandro Bernardo, pai de Valentina, criança de 9 anos assassinada em maio em Atouguia da Baleia, Peniche, faz novas revelações sobre o caso. Acusa Márcia, madrasta da criança, de matar Valentina, avança a edição impressa do CM desta quinta-feira. Sandro descreve, numa carta enviada ao irmão como tudo aconteceu. A descrição contraria o relatado do primeiro interrogatório judicial, que levou o pai e a madrasta de Valentina a responderem pelos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e abuso e simulação de sinais de perigo a 10 de novembro.

LEIA DEPOIS
Assalta loja à mão armada em Lisboa e fica em liberdade

“Disse à Márcia para chamar a ambulância. Foi aí que falhei. A Márcia começou a fazer-me a cabeça, pôs o diabo dentro de mim”, relata o pai de Valentina

“Acordámos [pai e crianças] com a Valentina aos gritos. A Márcia estava a encher a banheira de água quente e a Valentina já estava a esticar-se toda e a abrir os olhos”, conta Sandro, que garante que tirou a filha imediatamente da banheira e e a levou para a cozinha, numa tentativa de salvá-la. “Disse à Márcia para chamar a ambulância. Foi aí que falhei. A Márcia começou a fazer-me a cabeça, pôs o diabo dentro de mim. E começou a dizer que ia ser preso e que as meninas iam ficar sem ninguém”, continua. “Ela disse-me que ia chamar alguém para queimarem a menina. Mas eu disse que não. Estava na esperança de que ela acordasse. Mas nada.”

Primeira reconstituição dos factos mais credíveis do que a carta agora revelada

Estas novas alegações alteram os factos sobre o caso. Todavia, só poderão ser validados se os depoimentos de Sandro e de Márcia forem de novo avaliados pelos juízes. A primeira reconstituição feita pelo suspeito, porém, é mais credível do que aquela agora apresentada.

LEIA AGORA
Arromba casa e ataca ex-companheira e namorado com faca de mato em Penafiel

Impala Instagram


RELACIONADOS