Impala

Lusodescendentes criam instituição no Canadá para apoiar idosos que sofrem abusos

Quatro lusodescendentes que vivem no Canadá criaram uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de ajudar os idosos que sobrem abusos, um problema “real que afeta bastante a comunidade” portuguesa. 

*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***



Toronto, Canadá, 30 jan (Lusa) – Quatro lusodescendentes que vivem no Canadá criaram uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de ajudar os idosos que sobrem abusos, um problema “real que afeta bastante a comunidade” portuguesa. 


Venessa Barros, proprietária de um estabelecimento de produtos naturais, disse à agência Lusa que tudo começou devido à sua “vida profissional”. 


“Eles (os idosos) vinham ter comigo, ao meu estabelecimento, e queriam desabafar com alguém. Queriam alguém para falar, que lhes desse carinho, um local onde estivessem bem”, afirmou.


Na sequência dessas conversas, a empresária revelou ter descoberto “que muitas pessoas da comunidade [portuguesa] estavam a ser vítimas de abusos, especialmente os idosos”, abusos de várias formas, quer “financeiros, físicos, mas também de caráter emocional”. 


A Sociedade de Ajuda aos Idosos (Seniors Aid Society, em inglês), criada em abril de 2016, surgiu para “tentar combater” os abusos aos idosos, não só no seio da comunidade portuguesa, mas em todas as outras comunidades. 


No primeiro ano, em 2016, assistiu já cerca de 60 idosos, distribuindo num centro comunitário local 46 cabazes de natal com bens de primeira necessidade aos que mais precisam. 


“Neste momento, se algum idoso vier ter connosco encaminhamo-lo para os serviços sociais do Governo, para que lhe possam prestar o apoio necessário”, frisou Venessa Barros. 


Os quatro fundadores da instituição, Venessa Barros (presidente), Mário Aguiar (vice-presidente) Maria da Cunha (secretária) e Sílvia dos Santos (tesoureira) têm como meta a construção de um centro para idosos.


“Temos o objetivo de construir uma casa-abrigo onde os idosos que estão a ser vítimas de abusos possam ter um local onde se sintam seguros”, sublinhou a empresária. 


Atualmente na área existem centros de apoio, mas são mais vocacionados para “mães solteiras” e “mulheres e homens vítimas de violência doméstica e sexual”. 


A Sociedade de Ajuda aos Idosos pretende angariar verbas para a construção desse centro, através de donativos, organizando ao longo do ano diversos eventos.


 


O primeiro evento tem lugar no dia 4 de fevereiro, pelas 19:00 locais, com a realização da Gala Inaugural da instituição, num restaurante.


Dados da polícia de Toronto revelam que 2% a 10% dos idosos sofrem abusos. Só na província do Ontário, calcula-se que existem entre 40 mil e 200 mil idosos que são vítimas de maus-tratos. Os filhos das vítimas são responsáveis em 43% dos casos de abuso em que a polícia foi notificada.



SEYM // VM 

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Lusodescendentes criam instituição no Canadá para apoiar idosos que sofrem abusos

Quatro lusodescendentes que vivem no Canadá criaram uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de ajudar os idosos que sobrem abusos, um problema “real que afeta bastante a comunidade” portuguesa.