Guilherme Figueiredo eleito bastonário da Ordem dos Advogados

Guilherme Figueiredo eleito bastonário da Ordem dos Advogados

Guilherme Figueiredo foi eleito bastonário da Ordem dos Advogados na segunda volta das eleições realizadas na terça-feira, segundo divulga hoje a página daquele organismo na internet.

Lisboa, 07 dez (Lusa) — Guilherme Figueiredo foi eleito bastonário da Ordem dos Advogados na segunda volta das eleições realizadas na terça-feira, segundo divulga hoje a página daquele organismo na internet.


De acordo com os resultados publicados na página da Ordem dos Advogados na internet, a lista H, de Guilherme Figueiredo, obteve 9862 votos, contra os 9193 da lista K, liderada pela atual bastonária, Elina Fraga.


Na segunda volta das eleições para o bastonário da Ordem dos Advogados votaram 20608 associados, tendo-se registado 1344 votos brancos e 209 nulos.


Oliveira Gomes foi eleito para a direção da Ordem, com 3359 votos, e Carla Cadilhe para o Conselho de Fiscalização, com 6359, indica ainda a página da Ordem dos Advogados.


As eleições de terça-feira foram disputadas pela lista K, liderada por Elina Fraga, atual bastonária, e lista H, encabeçada por Guilherme Figueiredo, que concorreu com o apoio do candidato às eleições de 18 de novembro Jerónimo Martins.


Nas eleições de 18 de novembro, Elina Fraga foi a candidata mais votada, com 8.706 votos, enquanto Guilherme Figueiredo conseguiu 7.838 votos.


Ao contrário das eleições de 2014, neste acto eleitoral para o triénio 2017-2019 não foi automaticamente eleito o candidato mais votado, já que os novos estatutos da Ordem dos Advogados vieram subordinar a eleição do novo bastonário à obtenção de mais de 50% dos votos.


Por esta razão, Elina Fraga e Guilherme Figueiredo voltaram a submeter-se na terça-feira a escrutínio para o próximo triénio.



JPS // JPS


Lusa/fim


RELACIONADOS

Guilherme Figueiredo eleito bastonário da Ordem dos Advogados

Guilherme Figueiredo foi eleito bastonário da Ordem dos Advogados na segunda volta das eleições realizadas na terça-feira, segundo divulga hoje a página daquele organismo na internet.