Impala

GNR fez 23 detenções, maior parte por condução sob efeito de álcool

A GNR deteve 23 pessoas em flagrante delito, a maior parte por condução sob efeito de álcool, e encontrou 378 infrações de trânsito, 139 das quais por excesso de velocidade, anunciou a força policial.

Lisboa, 01 jan (Lusa) – A GNR deteve 23 pessoas em flagrante delito, a maior parte por condução sob efeito de álcool, e encontrou 378 infrações de trânsito, 139 das quais por excesso de velocidade, anunciou hoje a força policial.


Num conjunto de operações em todo o país, realizadas entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, a Guarda Nacional Republicana (GNR) registou ainda 70 acidentes, que provocaram três feridos graves e 22 ligeiros, informa em comunicado.


Além das 11 detenções por condução sob efeito do álcool, a GNR aponta seis por tráfico de droga, duas por posse de arma proibida e uma por desobediência.


Nas ações de fiscalização no trânsito, 139 das infrações que os militares encontraram foram por excesso de velocidade e 46 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.


No decorrer daquelas operações, a GNR apreendeu 245 doses de haxixe, uma arma de fogo e uma arma branca.



EA // VM


Lusa/Fim


RELACIONADOS

GNR fez 23 detenções, maior parte por condução sob efeito de álcool

A GNR deteve 23 pessoas em flagrante delito, a maior parte por condução sob efeito de álcool, e encontrou 378 infrações de trânsito, 139 das quais por excesso de velocidade, anunciou a força policial.