Detido suspeito de assaltar bancos no Porto com réplica de arma de fogo

Detido suspeito de assaltar bancos no Porto com réplica de arma de fogo

Um homem que tentou assaltar uma agência bancária do Porto na segunda-feira, munido com uma réplica de arma de fogo, foi dominado por funcionário bancário e entregue sob detenção à Polícia Judiciária, informou esta autoridade.

Porto, 03 jan (Lusa) — Um homem que tentou assaltar uma agência bancária do Porto na segunda-feira, munido com uma réplica de arma de fogo, foi dominado por funcionário bancário e entregue sob detenção à Polícia Judiciária (PJ), informou hoje esta autoridade.


O homem, de 50 anos, já suspeito de um roubo numa dependência bancária junto ao Hospital de São João (Porto), no passado dia 28 de novembro, foi detido esta segunda-feira, de manhã, logo depois de ter entrado num outro banco da cidade do Porto “munido de uma réplica de arma de fogo” e a exigir a entrega do dinheiro existente em caixa, explica a PJ numa nota de imprensa.


Segundo explica a PJ, o funcionário bancário abordado, “apercebendo-se da falsidade da arma utilizada, foi protelando a entrega do dinheiro”, até que o assaltante acabou por “desistir dos seus intentos e abandonou a agência bancária”.


O funcionário bancário, ajudado por um cliente da agência bancária, conseguiu depois dominar o assaltante, um homem que, segundo a Judiciária, não tem ocupação laboral, nem residência fixa, nem ainda antecedentes criminais conhecidos.



CCM // JGJ


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Detido suspeito de assaltar bancos no Porto com réplica de arma de fogo

Um homem que tentou assaltar uma agência bancária do Porto na segunda-feira, munido com uma réplica de arma de fogo, foi dominado por funcionário bancário e entregue sob detenção à Polícia Judiciária, informou esta autoridade.