Impala

Casal McCann perde recurso contra ex-inspetor Gonçalo Amaral

O Supremo Tribunal de Justiça confirmou a decisão da Relação em revogar o pagamento de uma indemnização de 500 mil euros pelo ex-inspetor da PJ Gonçalo Amaral aos pais de Madeleine McCann, desaparecida em 2007 no Algarve.

Lisboa, 31 jan (Lusa) — O Supremo Tribunal de Justiça confirmou hoje a decisão da Relação em revogar o pagamento de uma indemnização de 500 mil euros pelo ex-inspetor da PJ Gonçalo Amaral aos pais de Madeleine McCann, desaparecida em 2007 no Algarve.

O Tribunal da Relação de Lisboa havia revogado, a 19 de Abril de 2016, a sentença que obrigava Gonçalo Amaral a pagar 500 mil euros ao casal McCann, pais da criança desaparecida no Algarve, por danos causados com a publicação do livro intitulado “Maddie: A Verdade da Mentira”.

No livro, o ex-inspetor da PJ levantava suspeitas de os pais da criança estarem envolvidos no rapto.

Segundo fontes do STJ, a decisão do Supremo confirma os fundamentos que estiveram na origem da decisão da Relação de revogar o pagamento da indemnização deliberada pela primeira instância cível.

FC/JGS // JPF

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Casal McCann perde recurso contra ex-inspetor Gonçalo Amaral

O Supremo Tribunal de Justiça confirmou a decisão da Relação em revogar o pagamento de uma indemnização de 500 mil euros pelo ex-inspetor da PJ Gonçalo Amaral aos pais de Madeleine McCann, desaparecida em 2007 no Algarve.