Impala

Candidatos a instrutores de condução em Moçambique chumbam todos no exame

Candidatos a instrutores de condução em Moçambique, em número de 51, reprovaram todos no exame para a certificação, refere o diário Notícias, citando o Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INATTER).

Candidatos a instrutores de condução em Moçambique, em número de 51, reprovaram todos no exame para a certificação, refere hoje o diário Notícias, citando o Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INATTER). O secretário-geral da Associação das Escolas de Condução de Moçambique (AECOMO) disse que as reprovações em massa podem ter sido provocadas por esquecimento, uma vez que a formação terminou em janeiro e o pedido de certificação foi feito em fevereiro.

“Terminámos a formação em janeiro e submetemos os pedidos de certificação em fevereiro, mas só agora é que eles foram avaliados. Nesse tempo, muita coisa acontece, eles podem ter esquecido algumas matérias”, afirmou.

O exame teve duração de uma hora e consistiu em 50 perguntas sobre matérias ministradas pela AECOMO.

“A AECOMO é que dá a formação. Ao INATTER compete apenas certificar os candidatos que saírem aprovados”, afirmou o diretor dos Serviços de Inspeção, Fiscalização e Certificação do INATTER, Manuel António. Manuel António declarou que a média de respostas acertadas foi de 28 perguntas e o candidato com mais respostas acertadas não ultrapassou as 38 contra um mínimo de 45.

“Preocupa-nos que 51 candidatos tenham reprovado, mas ao nível institucional estamos satisfeitos, porque o sistema é eficaz e responde à exigência de qualidade das nossas estradas”, acrescentou Manuel António.

 


RELACIONADOS

Candidatos a instrutores de condução em Moçambique chumbam todos no exame

Candidatos a instrutores de condução em Moçambique, em número de 51, reprovaram todos no exame para a certificação, refere o diário Notícias, citando o Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INATTER).