Impala

Brasil demitiu mais de 6.000 funcionários públicos acusados de corrupção nos últimos 13 anos

O Governo do Brasil informou que nos últimos 13 anos 6.130 funcionários públicos foram demitidos, tendo 65% perdido definitivamente o emprego por terem cometido atos de corrupção.

São Paulo, Brasil, 09 dez (Lusa) – O Governo do Brasil informou hoje que nos últimos 13 anos 6.130 funcionários públicos foram demitidos, tendo 65% perdido definitivamente o emprego por terem cometido atos de corrupção.


Segundo um relatório do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, só em 2016 foram demitidos 471 funcionários federais.


A maioria dos esquemas de corrupção, cujo prejuízo foi estimado em quatro mil milhões de reais (1,1 mil milhões de euros) ocorreram nas áreas de saúde e educação.


O levantamento destacou que grande parte destes crimes tinham relação com obras paradas, má conservação de equipamentos e armazenamento inadequado de alimentação escolar e remédios.



CYR // JMR


Lusa/ Fim


RELACIONADOS

Brasil demitiu mais de 6.000 funcionários públicos acusados de corrupção nos últimos 13 anos

O Governo do Brasil informou que nos últimos 13 anos 6.130 funcionários públicos foram demitidos, tendo 65% perdido definitivamente o emprego por terem cometido atos de corrupção.