VIII Cimeira das América começa hoje sem Donald Trump e Nicolás Maduro

VIII Cimeira das América começa hoje sem Donald Trump e Nicolás Maduro

A VIII Cimeira das Américas começa hoje em Lima, evento em que os líderes dos países do continente americano vão tentar, entre outros temas, definir uma agenda regional de compromisso no combate à corrupção.

Lisboa, 13 abr (Lusa) — A VIII Cimeira das Américas começa hoje em Lima, evento em que os líderes dos países do continente americano vão tentar, entre outros temas, definir uma agenda regional de compromisso no combate à corrupção.


O evento, que terá como tema “Governabilidade democrática face à corrupção”, decorrerá até sábado, não vão estar presentes os presidentes norte-americano, Donald Trump, e venezuelano, Nicolás Maduro.


Donald Trump, que tinha justificado há dias a ausência com a situação na Síria, será representado pelo seu vice-Presidente, Mike Pence, que faz acompanhar do secretário de Estado, John Sullivan.


O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, também declarou que não irá ao evento, anúncio que sucedeu à declaração das autoridades peruanas de que não seria bem-vindo.


Maduro, que chegou a considerar comparecer na cimeira, acabou por dizer que não ia porque a reunião “não está” nas suas prioridades”, pelo que seria uma “perda de tempo”.


A Venezuela atravessa atualmente uma grave crise política, económica e social, com milhares de venezuelanos a procurarem fugir da miséria, refugiando-se nos vizinhos Colômbia e Brasil.


Entre os chefes de Estado e de Governo que já confirmaram a presença estão Michel Temer (Brasil), Mauricio Macri (Argentina), Tabaré Vázquez (Uruguai), Horacio Cartes (Paraguai), Lenín Moreno (Equador), Enrique Peña Nieto (México), Juan Manuel Santos (Colômbia), Justin Trudeau (Canadá) e Evo Morales (Bolívia).


A cimeira realiza-se num momento de grande instabilidade política nesta região do globo, nomeadamente no próprio país anfitrião, já que o Presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski renunciou ao cargo em março, acusado de corrupção com ligações à construtora brasileira Odebrecht.


Assim, quem assume os trabalhos da cimeira é Martín Vizcarra, atual chefe de Estado do Peru e antigo vice-presidente de Kuczynski.


A Cimeira das Américas é uma reunião de alto nível entre os chefes de Estado do continente americano, criada pela Organização dos Estados Americanos (OEA — que tem 35 membros) com o objetivo de alcançar uma maior cooperação entre os países da região.


A reunião, que se realiza de três em três anos, teve a sua primeira edição em 1994, em Miami, nos Estados Unidos, durante a Administração de Bill Clinton), buscando uma aproximação e uma maior rapidez dos acordos entre os países do bloco.



CSR/EL // EL

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

VIII Cimeira das América começa hoje sem Donald Trump e Nicolás Maduro

A VIII Cimeira das Américas começa hoje em Lima, evento em que os líderes dos países do continente americano vão tentar, entre outros temas, definir uma agenda regional de compromisso no combate à corrupção.