Um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira com a Colômbia para fugir da crise

Um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira com a Colômbia para fugir da crise

As autoridades colombianas estimam que um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira, desde meados de 2017, em direção à vizinha Colômbia, para fugir da crise que afeta a Venezuela.

Caracas, 09 mai (Lusa) – As autoridades colombianas estimam que um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira, desde meados de 2017, em direção à vizinha Colômbia, para fugir da crise que afeta a Venezuela.


Os números fazem parte dos dados das autoridades de imigração da Colômbia e da Federação Internacional de Sociedades da Cruz Vermelha e incluem os venezuelanos que regressaram ao seu país ou que migraram para outros países da região.


Por outro lado, um comunicado da Presidência da República da Colômbia, dá conta de que 203.989 venezuelanos se inscreveram oficialmente no Registo Administrativo de Migrantes Venezuelanos na Colômbia (RAMV), ativado desde há um mês pelas autoridades colombianas.


Entre os inscritos estão 3.914 mulheres grávidas, 48.164 crianças ou adolescentes e 17.255 indígenas.


Segundo Felipe Muñoz, gerente colombiano da fronteira com a Venezuela foram habilitados 753 pontos de inscrição em 27 departamentos (estados) e 188 municípios da Colômbia, que operam em coordenação com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), com USAID e o ACNUR.


Do total de venezuelanos inscritos, 52.549 trabalham de maneira informal, 46.888 são independentes e 34.935 estão desempregados.


O Norte de Santander e a Guajira são as regiões colombianas que têm maior número de venezuelanos registados oficialmente (48.393 e 44.472 respetivamente), seguindo-se Bogotá com 20.584, Arauca com 19.080 e Magdalena com 13.340.



FPG // JPF

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira com a Colômbia para fugir da crise

As autoridades colombianas estimam que um milhão de venezuelanos cruzaram a fronteira, desde meados de 2017, em direção à vizinha Colômbia, para fugir da crise que afeta a Venezuela.