Impala

Senegal pede apoio de Cabo Verde para candidatura à União Africana

O Senegal pediu o apoio de Cabo Verde à candidatura do país à presidência da comissão da União Africana (UA), protagonizada pelo académico e político senegalês Abdoulaye Bathily.

Praia, 05 dez (Lusa) – O Senegal pediu hoje o apoio de Cabo Verde à candidatura do país à presidência da comissão da União Africana (UA), protagonizada pelo académico e político senegalês Abdoulaye Bathily.


O pedido foi transmitido hoje pela ministra do Turismo do Senegal, Maïmouna Ndoye Seck, num encontro com o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.


No final do encontro, a ministra senegalesa, que chegou à capital cabo-verdiana de surpresa numa visita de horas, disse aos jornalistas ter levado uma mensagem do Presidente da República senegalês Macky Sall.


“Vim trazer ao presidente Fonseca uma mensagem do presidente Macky Sall sobre a candidatura do professor Abdoulaye Bathily para a comissão da União Africana, que de resto é uma candidatura da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)”, disse.


Maïmouna Ndoye Seck assinalou o bom acolhimento do presidente cabo-verdiano que, segundo disse, “reiterou toda a simpatia que tem pelo Senegal e pelo presidente Macky Sall”.


“Pediu-nos para lhe transmitirmos a sua amizade e toda a sua compreensão”, acrescentou.


Maïmouna Ndoye Seck destacou também os pontos fortes do candidato senegalês, o professor universitário, político, ex-ministro e representante do escritório das Nações Unidas para África, Abdoulaye Bathily,de 69 anos.


“Temos um candidato com muita experiência, é um pan-africanista, desde estudante, militou em todos os meios da sociedade civil em defesa do pan-africanismo, é também um político experiente, tendo ocupado vários postos de responsabilidade no governo e no parlamento do Senegal e um eminente professor que fez a sua carreira no Senegal, nos Estados Unidos e no Reino Unido”, disse.


As eleições para a comissão da União Africana realizam-se em janeiro e serão disputadas por seis candidatos: Pelonomi Venson-Moitoi (Botswana), Agapito Mba Mokuy (Guiné Equatorial), Fowsiyo Yusuf Haji Adan (Somália), Amina Mohammed (Quénia), Moussa Faki Mahamat(Chade) e Abdoulaye Bathily (Senegal).



CFF // APN


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Senegal pede apoio de Cabo Verde para candidatura à União Africana

O Senegal pediu o apoio de Cabo Verde à candidatura do país à presidência da comissão da União Africana (UA), protagonizada pelo académico e político senegalês Abdoulaye Bathily.