Impala

Risco de ser acionada garantia do empréstimo para pagar a lesados do BES é diminuto – PM

O primeiro-ministro afirmou hoje que é diminuta a probabilidade de vir a ser acionada a garantia do empréstimo para pagar aos lesados do BES, sublinhando que, em qualquer caso, essa responsabilidade recairia sobre os bancos.

Lisboa, 22 dez (Lusa) – O primeiro-ministro afirmou hoje que é diminuta a probabilidade de vir a ser acionada a garantia do empréstimo para pagar aos lesados do BES, sublinhando que, em qualquer caso, essa responsabilidade recairia sobre os bancos.


“A probabilidade de ser acionada a garantia é uma probabilidade diminuta e, por isso, o risco diminuto de que alguma vez isso possa vir a ser suportado pelos cofres públicos”, afirmou o primeiro-ministro, em resposta a uma pergunta do líder da bancada do PSD, Luís Montenegro, no debate quinzenal na Assembleia da República.


Em qualquer caso, acrescentou, nunca seriam “os cofres públicos a pagar”, recaindo essa responsabilidade sobre o fundo de resolução, ou seja, “sobre os bancos”.



VAM // SMA


Lusa/fim


RELACIONADOS

Risco de ser acionada garantia do empréstimo para pagar a lesados do BES é diminuto – PM

O primeiro-ministro afirmou hoje que é diminuta a probabilidade de vir a ser acionada a garantia do empréstimo para pagar aos lesados do BES, sublinhando que, em qualquer caso, essa responsabilidade recairia sobre os bancos.