Impala

PS diz que perante o chumbo da TSU outras medidas apoiarão empresas e instituições sociais

O líder parlamentar do PS afirmou que perante o chumbo da baixa da TSU outras medidas “certamente vigorarão” dentro do mesmo acordo de concertação social ou de um novo acordo, apoiando empresas e instituições de solidariedade social.

Lisboa, 25 jan (Lusa) – O líder parlamentar do PS afirmou hoje que perante o chumbo da baixa da TSU outras medidas “certamente vigorarão” dentro do mesmo acordo de concertação social ou de um novo acordo, apoiando empresas e instituições de solidariedade social.


“Não vigorando esta medida da TSU (Taxa Social Única), outras certamente vigorarão, no contexto do mesmo ou de um novo acordo, apoiando as empresas e as instituições de solidariedade social”, afirmou Carlos César no parlamento, intervindo no debate das apreciações parlamentares apresentadas por BE e PCP à descida da TSU paga pelos empregadores, como forma de compensar a subida do salário mínimo.


O líder da bancada socialista acusou a oposição de promover a instabilidade ao votar contra a medida acordada em concertação social: “Defendemos que a concertação social é uma mais-valia para a estabilidade social e esta para a estabilidade política. A instabilidade tem sido um aperitivo que alimenta a ideia de uma direita sempre disposta a apresentar-se falaciosamente como força disciplinadora”.



ACL // ZO

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

PS diz que perante o chumbo da TSU outras medidas apoiarão empresas e instituições sociais

O líder parlamentar do PS afirmou que perante o chumbo da baixa da TSU outras medidas “certamente vigorarão” dentro do mesmo acordo de concertação social ou de um novo acordo, apoiando empresas e instituições de solidariedade social.