Impala

Presidente da República pede aos jornalistas que não desistam e sejam anti-poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou-se hoje preocupado com a situação da comunicação social e a precariedade nesta profissão e pediu aos jornalistas que não desanimem e sejam anti-poder.

*** Serviços de áudio e vídeo disponíveis em www.lusa.pt ***



Lisboa, 12 jan (Lusa) – O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou-se hoje preocupado com a situação da comunicação social e a precariedade nesta profissão e pediu aos jornalistas que não desanimem e sejam anti-poder.


O chefe de Estado, que falava na sessão de abertura do 4.º Congresso dos Jornalistas, no cinema São Jorge, em Lisboa, foi aplaudido quando deixou este apelo: “Nunca esquecer que o jornalismo só tem poder se nunca se vergar aos poderes políticos, económicos, financeiros, sociais, formais ou informais vigentes, antes deles se mantendo distanciado e perante eles permanentemente crítico, se quiserem, sendo um anti-poder, nesse sentido”.


“E acreditar sempre, porque se há experiência que o trabalhar em jornalismo tem em comum com o ensino é o apelo diário a não desanimar, a não desistir, a não renunciar, a pensar nos outros, no dever de testemunhar, no dever de servir, no dever cumprir uma missão comunitária. Nunca cedam, nunca desesperem, nunca abdiquem dessa vossa missão”, acrescentou.



IEL // JPS


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Presidente da República pede aos jornalistas que não desistam e sejam anti-poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou-se hoje preocupado com a situação da comunicação social e a precariedade nesta profissão e pediu aos jornalistas que não desanimem e sejam anti-poder.