Impala

Perante incertezas Costa defende União Europeia mais forte e unida na democracia e comércio livre

O primeiro-ministro português, António Costa, defendeu que no atual “tempo de incertezas” é essencial uma “União Europeia mais forte mais unida” em torno dos valores da democracia e do comércio livre.


*** serviços vídeo e áudio disponíveis em www.lusa.pt ***



Lisboa, 28 jan (Lusa) – O primeiro-ministro português, António Costa, defendeu hoje que no atual “tempo de incertezas” é essencial uma “União Europeia mais forte mais unida” em torno dos valores da democracia e do comércio livre.


“Neste tempo de muitas incertezas ao nível mundial é essencial termos uma União Europeia mais forte e mais unida em torno dos seus valores da democracia, das suas quatro liberdades e do comércio livre a nível mundial”, declarou António Costa, no final da cimeira dos países do sul da União Europeia, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.


O anfitrião da cimeira dos países do sul afirmou que, para o fortalecimento da União Europeia, há que “dar respostas concretas que reforcem a confiança dos cidadãos e a capacidade da União de dar respostas àquilo que são os seus anseios principais”, apontando como áreas “absolutamente essenciais o crescimento, o emprego e a convergência, a segurança interna e externa e a gestão das migrações”.



ACL // CSJ

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Perante incertezas Costa defende União Europeia mais forte e unida na democracia e comércio livre

O primeiro-ministro português, António Costa, defendeu que no atual “tempo de incertezas” é essencial uma “União Europeia mais forte mais unida” em torno dos valores da democracia e do comércio livre.