Impala

Pelo menos 12 mortos no atropelamento em Berlim – Novo balanço polícia

Pelo menos 12 pessoas morreram no atropelamento num mercado em Berlim e 48 ficaram feridas, segundo um novo balanço da polícia alemã.

Berlim, 20 dez (Lusa) — Pelo menos 12 pessoas morreram no atropelamento num mercado em Berlim e 48 ficaram feridas, segundo um novo balanço da polícia alemã.


De acordo com informação das forças de segurança, na página oficial na rede social Twitter, 48 pessoas, algumas das quais com ferimentos muito graves, foram transportadas para hospitais.


O condutor do camião que atropelou, na segunda-feira, dezenas de pessoas num mercado de Natal em Berlim, e que provocou 12 mortos, entrou na Alemanha como refugiado, sendo provavelmente de origem paquistanesa, refere o jornal “Die Welt”.


O jornal, que cita fontes da investigação, escreve que o suspeito entrou na Alemanha como requerente de asilo, em fevereiro deste ano.


Até agora, as autoridades não confirmaram se o atropelamento foi ou não um atentado terrorista, apesar de os indícios apontarem nessa direção.


O ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, recusou confirmar se o atropelamento, que também provocou 48 feridos, seja um atentado, mas reconheceu que “muito aponta naquela direção”.


Em declarações à televisão pública alemã, o ministro pediu para que se deixasse as forças de segurança trabalhar.


Um suspeito, presumivelmente condutor do camião, está a ser interrogado.


A polícia de Berlim disse que o camião, com matrícula polaca e carregado com vigas de aço, poderá ter sido roubado de uma obra na Polónia.


O segundo ocupante do camião, de nacionalidade polaca, segundo o jornal “Bild”, morreu no local do incidente e está entre as doze vítimas mortais.


O balanço inicial do incidente apontava para nove mortos e 50 feridos.



MSE // MAG


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Pelo menos 12 mortos no atropelamento em Berlim – Novo balanço polícia

Pelo menos 12 pessoas morreram no atropelamento num mercado em Berlim e 48 ficaram feridas, segundo um novo balanço da polícia alemã.