Impala

ONU: Marcelo diz que vai ser “um grande, grande dia” para Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que hoje completa 68 anos e assiste em Nova Iorque ao juramento do seu amigo António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas, vaticinou que vai ser “um grande, grande dia”.

*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***



Nova Iorque, 12 dez (Lusa) — O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que hoje completa 68 anos e assiste em Nova Iorque ao juramento do seu amigo António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas, vaticinou que vai ser “um grande, grande dia”.


“Vai ser um grande, grande dia, para mim, para Portugal e para os portugueses”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, à saída do hotel a poucas dezenas de metros das Nações Unidas e de onde saiu ladeado pelo primeiro-ministro português, António Costa, e pouco atrás do secretário-geral designado, António Guterres.


Guterres, que saiu do hotel acompanhado pela mulher, Catarina Vaz Pinto, apenas disse “bom dia” aos jornalistas portugueses que se encontravam no local.


Questionado com quem iria partilhar os charutos – que, durante uma viagem oficial a Cuba, tinha guardado para fumar neste dia – o Presidente da República revelou que, afinal, não vieram com ele na bagagem de Nova Iorque.


“Nem trouxe para não ter a tentação de fumar”, afirmou.




SMA // ZO


Lusa/fim


RELACIONADOS

ONU: Marcelo diz que vai ser “um grande, grande dia” para Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que hoje completa 68 anos e assiste em Nova Iorque ao juramento do seu amigo António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas, vaticinou que vai ser “um grande, grande dia”.