Impala

Mário Soares: Cerimónias fúnebres terminam no cemitério dos Prazeres com fortes aplausos

As cerimónias fúnebres de Mário Soares terminaram no cemitério dos Prazeres, em Lisboa, pelas 16:14, no jazigo onde está sepultada a mulher do antigo Presidente da República, Maria Barroso, debaixo de fortes aplausos dos presentes.

Lisboa, 10 Jan (Lusa) – As cerimónias fúnebres de Mário Soares terminaram hoje no cemitério dos Prazeres, em Lisboa, pelas 16:14, no jazigo onde está sepultada a mulher do antigo Presidente da República, Maria Barroso, debaixo de fortes aplausos dos presentes.


Depois das cerimónias em frente à capela no cemitério dos Prazeres, durante as quais o Presidente da República entregou aos filhos a bandeira nacional que cobria a urna de Mário Soares e se ouviu a voz do antigo chefe de Estado, o cortejo passou ainda em frente ao jazigo de Jaime Cortesão.


Numa cerimónia mais reservada, a urna de Mário Soares entrou no jazigo da família, tendo-se ouvido muitas palmas dos presentes.


“A verdade não pertence em exclusivo a ninguém e não há nada que substitua a tolerância”, ouviu-se pela voz de Soares, em 1986.



JF // ZO


Lusa/fim


RELACIONADOS

Mário Soares: Cerimónias fúnebres terminam no cemitério dos Prazeres com fortes aplausos

As cerimónias fúnebres de Mário Soares terminaram no cemitério dos Prazeres, em Lisboa, pelas 16:14, no jazigo onde está sepultada a mulher do antigo Presidente da República, Maria Barroso, debaixo de fortes aplausos dos presentes.