Impala

Mais de metade dos pensionistas espanhóis com pensões abaixo dos 707 euros

Mais de metade dos pensionistas espanhóis (51%) recebe menos que o salário mínimo nacional, ou seja, quase cinco milhões aufere do Estado menos do que os 707,6 euros aprovados este mês em Conselho de Ministros para 2017.

Madrid, 26 dez (Lusa) – Mais de metade dos pensionistas espanhóis (51%) recebe menos que o salário mínimo nacional, ou seja, quase cinco milhões aufere do Estado menos do que os 707,6 euros aprovados este mês em Conselho de Ministros para 2017.


Segundo dados do Ministério do Emprego e da Segurança Social, a maioria dos que recebem menos do que o ordenado mínimo são mulheres (3,4 milhões) – sete em cada dez, o que é explicado pelas pensões de viuvez recebidas quase na totalidade por mulheres.


Entre os quase cinco milhões com pensões abaixo do valor do salário mínimo nacional, 1,9 milhões recebe entre 600 e 655,2 euros, o intervalo de valor em que se localizam a maioria dos pensionistas espanhóis.


Ainda assim, há cerca de um milhão de pensionistas em Espanha – isto é um em cada dez – nos escalões mais baixos, abaixo dos 350 euros.


No extremo mais alto da tabela estão 232.643 pensionistas com a pensão máxima fixada para 2016, de 2.567 euros, valor acima do qual estão apenas 33.040 pensionistas.


Em Portugal, segundo a Conta Geral da Segurança Social de 2014, a mais recente, a maior parte dos pensionistas (60,4%, que equivale a 1.146.520 pessoas) recebe entre os 261,95 e os 419,21 euros mensais.



JNM (SP) // ATR


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Mais de metade dos pensionistas espanhóis com pensões abaixo dos 707 euros

Mais de metade dos pensionistas espanhóis (51%) recebe menos que o salário mínimo nacional, ou seja, quase cinco milhões aufere do Estado menos do que os 707,6 euros aprovados este mês em Conselho de Ministros para 2017.