armas, balas, crime, tiros,
Impala

Mais de 170 mortos em combates entre clãs rivais no Sudão do Sul

As vítimas foram mortas durante uma semana de combates entre clãs rivais que utilizaram metralhadoras e granadas numa disputa pela posse de gado, indicou hoje um responsável local.

Mais de 170 pessoas foram mortas durante uma semana de combates entre clãs rivais que utilizaram metralhadoras e granadas numa disputa pela posse de gado, indicou hoje um responsável local.

O número de feridos eleva-se a “quase 200”, acrescentou Dharuai Mabor Teny, membro do parlamento da região dos Western Lakes, 250 quilómetros a noroeste de Juba, a capital sul-sudanesa.

Um último balanço na sexta-feira referia-se a 60 mortos nestes combates que se iniciaram em 06 de dezembro entre os Rup e os Pakam, dois clãs rivais da etnia Dinka.

O Governo declarou o estado de emergência na região que implicou o envio de soldados para as zonas onde as autoridades locais não conseguiram controlar os confrontos.

“O estado de emergência destina-se a pôr termo à violência”, indicou o porta-voz presidencial Ateny Wek Ateny, ao sublinhar que os civis “foram remetidos às suas casas devido aos violentos combates”.

O ministro regional da Informação, Bol Machok, referiu-se a casas incendiadas e residentes forçados fugir das suas aldeias

As comunidades pastorícias do Sudão do Sul promovem regularmente ataques para roubar gado e efetuar ações de pilhagem. Com frequência, mulheres são violadas e crianças raptadas, suscitando o ciclo de represálias, refere a agência noticiosa France-Presse.

As tensões acentuam o clima de insegurança no país, envolvido numa guerra civil desde dezembro de 2013 e que opõe o campo do presidente Salva Kiir às tropas fiéis ao seu antigo vice-presidente, Riek Machar.

O conflito provocou dezenas de milhares de mortos e milhões de deslocados.

Outros artigos em destaque

Presidente da Raríssimas reage às acusações e é imediatamente atacada
Cláudia Vieira mostra-se em família com o namorado e a cunhada pela primeira vez
Namorada de jogador de futebol suicida-se aos 23 anos
EXCLUSIVO | Saiba como foram os últimos momentos de vida do segurança baleado no Barrio Latino
Chamada de «cadáver», Lililiana Aguiar justifica magreza
25 motivos que levam as mulheres a querer sexo


RELACIONADOS

Mais de 170 mortos em combates entre clãs rivais no Sudão do Sul

As vítimas foram mortas durante uma semana de combates entre clãs rivais que utilizaram metralhadoras e granadas numa disputa pela posse de gado, indicou hoje um responsável local.