Instituto de jogos angolano alarga prazo de candidaturas para exploração de jogos sociais

O Instituto de Supervisão de Jogos (ISJ) angolano decidiu prorrogar para até 14 de dezembro de 2020 o prazo de entrega de candidaturas do concurso limitado para celebração de contratos de concessão para exploração de jogos sociais.

Instituto de jogos angolano alarga prazo de candidaturas para exploração de jogos sociais

Instituto de jogos angolano alarga prazo de candidaturas para exploração de jogos sociais

O Instituto de Supervisão de Jogos (ISJ) angolano decidiu prorrogar para até 14 de dezembro de 2020 o prazo de entrega de candidaturas do concurso limitado para celebração de contratos de concessão para exploração de jogos sociais.

O ISJ definiu inicialmente esta sexta-feira, 27 de novembro, como término da fase de apresentação de candidaturas no âmbito deste concurso limitado por prévia qualificação, lançado em 28 de setembro passado.

Num comunicado, que a Lusa teve hoje acesso, o órgão justifica o alargamento do prazo de entrega de candidaturas em função dos interesses manifestados pelos candidatos e pelo volume de solicitações de esclarecimentos dos concorrentes.

A entidade pública alargou para igual período, ou seja, até 14 de dezembro, o prazo para a apresentação dos pedidos de esclarecimentos.

O organismo, que tutela os jogos sociais em Angola, explica que a medida visa “assegurar a flexibilização dos prazos para que os concorrentes possam de modo adequado elaborar e apresentar as suas candidaturas”.

A celebração do contrato de concessão para a exploração de jogos sociais, recorda o instituto, deverá ser efetivado com o candidato que apresente as “melhores condições técnicas e financeiras”

Segundo o órgão, tutelado pelo Ministério das Finanças, as peças do procedimento concursal encontram-se disponíveis para a consulta pública, mediante solicitação por escrito, “livre de encargos” no ISJ.

O Instituto de Supervisão de Jogos de Angola recorda que as entidades interessadas em submeter candidaturas estão sujeitas ao pagamento de uma taxa no valor de 50 milhões de kwanzas ou o equivalente em divisas.

DYAS // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS