Impala

Inquérito/CGD: Teixeira dos Santos garante que Sócrates nunca o pressionou para mudar gestão

O antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos assegurou no parlamento que nunca foi pressionado pelo então primeiro-ministro, José Sócrates, para mudar a equipa de gestão da CGD, assumindo a escolha de Santos Ferreira e Armando Vara.

Lisboa, 12 jan (Lusa) – O antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos assegurou hoje no parlamento que nunca foi pressionado pelo então primeiro-ministro, José Sócrates, para mudar a equipa de gestão da CGD, assumindo a escolha de Santos Ferreira e Armando Vara.


“O primeiro-ministro nunca me pressionou no sentido de fazer qualquer mudança, nem de nomear fosse quem fosse para a Caixa Geral de Depósitos (CGD). Foi iniciativa minha”, afirmou o ex-governante na comissão parlamentar de inquérito sobre a gestão do banco público.


Teixeira dos Santos justificou a alteração dos membros do Conselho de Administração da CGD com a “situação de alguma instabilidade em torno da liderança e da direção” que subsistia já há alguns meses antes de ter assumido funções no Governo Sócrates, e que era refletida nas “notícias e ruídos que desestabilizam as equipas”.


DN// ATR


Lusa/fim


RELACIONADOS

Inquérito/CGD: Teixeira dos Santos garante que Sócrates nunca o pressionou para mudar gestão

O antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos assegurou no parlamento que nunca foi pressionado pelo então primeiro-ministro, José Sócrates, para mudar a equipa de gestão da CGD, assumindo a escolha de Santos Ferreira e Armando Vara.