Impala

Inquérito/CGD: PSD acusa esquerda de colocar em causa normal funcionamento do parlamento

O PSD acusou a maioria de esquerda de colocar em causa o normal funcionamento do parlamento, após “bloquear” um requerimento potestativo para audições na comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD).

Lisboa, 15 dez (Lusa) – O PSD acusou hoje a maioria de esquerda de colocar em causa o normal funcionamento do parlamento, após “bloquear” um requerimento potestativo para audições na comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD).


Em conferência de imprensa, na Assembleia da República, o vice-presidente da bancada do PSD Hugo Soares acusou PS, PCP e Bloco de Esquerda de se assumirem como “um rolo compressor antidemocrático” para impedir as audições do ministro das Finanças, Mário Centeno, e do presidente demissionário da CGD, António Domingues, em sede de comissão parlamentar de inquérito sobre a Caixa.


Segundo Hugo Soares, apesar de o PSD ter recorrido à figura regimental do requerimento potestativo (de caráter obrigatório) para forçar as presenças de Mário Centeno e de António Domingues no parlamento, mesmo assim a esquerda parlamentar continuou a tentar impedir a realização destas audições, alegando não se enquadrarem no objeto da comissão de inquérito.



PMF // PNG


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Inquérito/CGD: PSD acusa esquerda de colocar em causa normal funcionamento do parlamento

O PSD acusou a maioria de esquerda de colocar em causa o normal funcionamento do parlamento, após “bloquear” um requerimento potestativo para audições na comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD).