Impala

Grupo extremista Estado Islâmico reivindica ataque em Berlim

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o atentado num mercado de Natal em Berlim, que provocou a morte a 12 pessoas e dezenas de feridos.

Beirute, 20 dez (Lusa) — O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou hoje o atentado num mercado de Natal em Berlim, que provocou a morte a 12 pessoas e dezenas de feridos.


O grupo reivindicou o atentado através da sua agência de propaganda.


A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou hoje que as autoridades do seu país acreditam que o atropelamento no mercado de natal em Berlim foi um “atentado terrorista”.


“De acordo com o que sabemos, temos que assumir que se tratou de um ataque terrorista”, disse aos jornalistas a chanceler.


MSE // MAG


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Grupo extremista Estado Islâmico reivindica ataque em Berlim

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o atentado num mercado de Natal em Berlim, que provocou a morte a 12 pessoas e dezenas de feridos.