Impala

Governo da Venezuela liberta ex-candidato presidencial e ativistas

O governo da Venezuela libertou hoje um antigo candidato presidencial e vários estudantes ativistas que tinham sido detidos durante protestos antigovernamentais em 2014, segundo a agência norte-americana Associated Press.

Caracas, 31 dez (Lusa) — O governo da Venezuela libertou hoje um antigo candidato presidencial e vários estudantes ativistas que tinham sido detidos durante protestos antigovernamentais em 2014, segundo a agência norte-americana Associated Press.


O antigo candidato Manuel Rosales foi detido em outubro de 2015 por acusações de enriquecimento ilícito quando regressou à Venezuela depois de ter estado exilado no Peru.


O antigo governador do estado de Zulia, que se candidatou ao cargo de chefe de Estado em 2006, foi libertado hoje antes do amanhecer, juntamente com cinco outros ativistas, que grupos da oposição consideram prisioneiros políticos.


O mais destacado dos ativistas libertados foi Gerardo Carrero, que liderou um grupo de estudantes que acampou durante semanas junto à delegação da ONU em Caracas para chamar a atenção para uma repressão do governo contra protestos que terá causado dezenas de mortos.


Segundo grupos de defesa dos direitos humanos, pelo menos 100 pessoas continuam detidas por se oporem ao governo socialista do presidente Nicolas Maduro.



PAL // CC


Lusa/fim


RELACIONADOS

Governo da Venezuela liberta ex-candidato presidencial e ativistas

O governo da Venezuela libertou hoje um antigo candidato presidencial e vários estudantes ativistas que tinham sido detidos durante protestos antigovernamentais em 2014, segundo a agência norte-americana Associated Press.