Impala

EUA deportaram quase meio milhão de imigrantes indocumentados em 2016

Os Estados Unidos deportaram 450.954 imigrantes sem documentos no ano fiscal de 2016, cerca de 2,5% menos do que em 2015, segundo estatísticas divulgadas hoje pelo Departamento de Segurança Interna.

Washington, 30 dez (Lusa) — Os Estados Unidos deportaram 450.954 imigrantes sem documentos no ano fiscal de 2016, cerca de 2,5% menos do que em 2015, segundo estatísticas divulgadas hoje pelo Departamento de Segurança Interna.


O número inclui expulsões (344.354) e regressos voluntários (106.600).


Apesar do decréscimo nas deportações, que em 2015 foram 462.463, o número de detenções de imigrantes indocumentados aumentou, situando-se nos 530.250, mais 30,41% que no ano anterior, o que significa que mais pessoas estão a tentar cruzar as fronteiras norte-americanas.


Os dados hoje divulgados incluem as 46.191 pessoas detidas em outubro e 47.214 em novembro, meses que registaram um aumento das entradas clandestinas nos Estados Unidos, próximo do recorde atingido em 2014.


O perfil dos que entram clandestinamente é designado de “unidade familiar”, ou seja, pais e/ou mães que entram no país com os filhos. A maioria é proveniente de El Salvador, Guatemala e Honduras.


Segundo o Departamento, as entradas de mexianos continuaram a diminuir e as de cidadãos de países da Amércia Central aumentaram.



MDR // ARA


Lusa/Fim


RELACIONADOS

EUA deportaram quase meio milhão de imigrantes indocumentados em 2016

Os Estados Unidos deportaram 450.954 imigrantes sem documentos no ano fiscal de 2016, cerca de 2,5% menos do que em 2015, segundo estatísticas divulgadas hoje pelo Departamento de Segurança Interna.