UNESCO
Impala

Diretora-geral da UNESCO «lamenta profundamente» retirada dos EUA

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, disse “lamentar profundamente” a decisão norte-americana de se retirar da organização.

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, disse hoje “lamentar profundamente” a decisão norte-americana de se retirar da organização.

“A universalidade é essencial à missão da UNESCO para construir a paz e a segurança internacionais face ao ódio e à violência, pela defesa dos direitos humanos e da dignidade humana”, disse Bokova em comunicado.

Leia mais artigos em destaque

Tempestade tropical Ophelia subiu à categoria de furacão e aproxima-se de Portugal
Sismo em Portugal matará 17 mil a 27 mil pessoas
EXCLUSIVO: Conheça o bombeiro que está a emocionar Portugal
Georgina e Dolores Aveiro em clima de tensão na Luz
Rita Egídio dá-nos música (e a volta à cabeça)


RELACIONADOS

Diretora-geral da UNESCO «lamenta profundamente» retirada dos EUA

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, disse “lamentar profundamente” a decisão norte-americana de se retirar da organização.