Impala

Detido iemenita transferido de Guantánamo para Cabo Verde – Pentágono

O iemenita Shawqi Awad Balzuhair foi transferido da prisão de Guantánamo, em Cuba, para Cabo Verde, anunciou hoje o Departamento de Defesa norte-americano num comunicado.

Lisboa, 04 dez (Lusa) — O iemenita Shawqi Awad Balzuhair foi transferido da prisão de Guantánamo, em Cuba, para Cabo Verde, anunciou hoje o Departamento de Defesa norte-americano num comunicado.


“Os Estados Unidos agradecem ao Governo de Cabo Verde o seu gesto humanitário e a sua vontade de apoiar os esforços dos EUA para fechar o centro de detenção de Guantánamo”, refere o comunicado do Pentágono.


Adianta que “os Estados Unidos coordenaram com o Governo de Cabo Verde para assegurar que esta transferência ocorria de acordo com as medidas de segurança e o tratamento apropriados”.


O Pentágono informa ainda que permanecem na prisão na baía de Guantánamo 59 detidos.


Segundo o jornal britânico Guardian, a libertação de 20 dos 59 ainda detidos já foi aprovada.


Na notícia divulgada no seu ‘site’, o diário britânico indica que Balzuhair “esteve detido em Guantánamo sem acusação desde outubro de 2002, após ter sido capturado com outros suspeitos de serem militantes da Al-Qaida em Carachi, no Paquistão”.


O Guardian refere ainda que o detido não foi enviado para o Iémen devido à guerra civil no país, bem como que “Cabo Verde aceitou outro preso (de Guantánamo) em 2010”.


O encerramento do centro de detenção de Guantánamo foi uma das primeiras medidas anunciadas pelo Presidente, Barack Obama, no início do seu primeiro mandato.


No total, passaram por Guantánamo 780 prisioneiros, na maioria suspeitos de ligações terroristas, detidos após os atentados de 11 de setembro de 2001.



PAL // CSJ


Lusa/fim


RELACIONADOS

Detido iemenita transferido de Guantánamo para Cabo Verde – Pentágono

O iemenita Shawqi Awad Balzuhair foi transferido da prisão de Guantánamo, em Cuba, para Cabo Verde, anunciou hoje o Departamento de Defesa norte-americano num comunicado.