Impala

Decisão do Conselho de Segurança da ONU sobre colonatos é “parcial e vergonhosa” – Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que a resolução adotada na sexta-feira pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, sobre colonatos judeus, é “parcial e vergonhosa”.

Jerusalém, 24 dez (Lusa) – O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou hoje que a resolução adotada na sexta-feira pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, sobre colonatos judeus, é “parcial e vergonhosa”.


“A decisão que foi tomada é parcial e vergonhosa, mas não vamos superá-la (…) poderá levar algum tempo, mas a decisão será anulada”, afirmou Netanyahu numa cerimónia transmitida pela televisão pública israelita.


Em causa está a resolução aprovada na sexta-feira pelo Conselho de Segurança da ONU que exorta Israel a “cessar imediata e completamente qualquer atividade de colonização em território palestiniano ocupado, incluindo Jerusalém Oriental”.


A resolução foi apresentada pela Nova Zelândia e pelo Senegal, aprovada com 14 votos a favor e nenhum contra, irritando Netanyahu sobretudo porque os Estados Unidos se abstiveram.


Benjamin Netanyahu já tinha anunciado hoje que irá rever as relações com a ONU e interromper “de imediato” o financiamento a organismos “particularmente hostis” a Israel.



SS (MC) // EL


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Decisão do Conselho de Segurança da ONU sobre colonatos é “parcial e vergonhosa” – Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que a resolução adotada na sexta-feira pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, sobre colonatos judeus, é “parcial e vergonhosa”.