Impala

Conselho de Estado saúda eleição de Guterres em “contexto de incerteza” global

O Conselho de Estado manifestou “o júbilo e o orgulho nacional” pela sua eleição como secretário-geral das Nações Unidas e considerou que o seu mandato vai ocorrer num “contexto de incerteza” global, “muito complexo e exigente”.

Lisboa, 20 dez (Lusa) – O Conselho de Estado manifestou hoje “o júbilo e o orgulho nacional” pela sua eleição como secretário-geral das Nações Unidas e considerou que o seu mandato vai ocorrer num “contexto de incerteza” global, “muito complexo e exigente”.


Esta posição consta de uma nota com dois parágrafos distribuída aos jornalistas no Palácio de Belém, em Lisboa, no final de uma reunião do Conselho de Estado que durou cerca de cinco horas e meia, entre as 15:15 e as 20:45.


O Conselho de Estado “analisou o futuro da Europa, num contexto de incerteza e desafios para a própria Europa e para o mundo”, e “manifestou ao senhor engenheiro António Guterres o júbilo e o orgulho nacional pela sua eleição, por aclamação, como secretário-geral das Nações Unidas”, lê-se na nota divulgada.


O Conselho de Estado considera que o mandato de Guterres à frente das Nações Unidas “irá ocorrer num contexto internacional muito complexo e exigente, reconhecendo o enorme contributo que pode dar no desempenho do alto cargo pelas suas elevadas qualidades intelectuais e humanas e pelo profundo empenho que sempre coloca nas missões que abraça”.



IEL // SMA


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Conselho de Estado saúda eleição de Guterres em “contexto de incerteza” global

O Conselho de Estado manifestou “o júbilo e o orgulho nacional” pela sua eleição como secretário-geral das Nações Unidas e considerou que o seu mandato vai ocorrer num “contexto de incerteza” global, “muito complexo e exigente”.