Comissão de Economia aprova audição de representantes da Ryanair no Parlamento
Impala

Comissão de Economia aprova audição de representantes da Ryanair no Parlamento

A Comissão de Economia aprovou hoje por unanimidade um requerimento que visa a audição no Parlamento, com caráter de urgência, de representantes da administração da Ryanair em Portugal.

Lisboa, 04 abr (Lusa) – A Comissão parlamentar de Economia aprovou hoje por unanimidade um requerimento que visa a audição no Parlamento, com caráter de urgência, de representantes da administração da Ryanair em Portugal e várias associações de aviação.


O requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda propõe uma audição conjunta da Comissão de Economia e da Comissão de Trabalho a representantes do Conselho de Administração da Ryanair em Portugal, a representantes do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e a responsáveis da ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho.


Os representantes da ANA-Aeroportos de Portugal e da ANAC irão também ser ouvidos na Comissão de Economia.


No requerimento apresentado à Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, o Bloco considera “incontornável convidar os representantes da Ryanair em Portugal” para dar explicações sobre as ameaças aos trabalhadores em greve, os investimentos em curso no país e a dimensão dos benefícios recebidos pela instalação de uma base para a Europa a partir de Portugal.


No documento, o Bloco repudiou ainda a atitude da empresa, que se justificou com “a lei irlandesa”.


O requerimento foi apresentado no passado dia 02 de abril, no seguimento de acusações do SNPVAC, que denunciou no dia anterior, dia 01 de abril, que a Ryanair contactou tripulantes na Europa para a substituição dos grevistas portugueses, chegando inclusivamente a ameaças de despedimento.


Num memorando enviado aos trabalhadores, a que a Lusa teve acesso, a Ryanair admitiu ter recorrido a voluntários e a tripulação estrangeira durante a greve dos tripulantes portugueses.


Os trabalhadores da Ryanair cumprem hoje o último de três dias não consecutivos de greve para reivindicar a aplicação da lei nacional.




JZFO/ ATR (ER/PE/ALU/PL)// ATR

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Comissão de Economia aprova audição de representantes da Ryanair no Parlamento

A Comissão de Economia aprovou hoje por unanimidade um requerimento que visa a audição no Parlamento, com caráter de urgência, de representantes da administração da Ryanair em Portugal.